15 adolescentes tratados contra a raiva depois de alegadamente terem feito amor com um burro

Quinze adolescentes de uma cidade rural marroquina foram tratados contra a raiva depois de terem feito “amor” com um burro infectado.

 

Os jovens, de Sidi Al Kamel, passaram uma semana a receber tratamento no hospital depois do animal lhes ter transmitido a doença, segundo o foi reportado pelo Morocco World News, citando o jornal marroquino Al Akhbar.

O incidente chocante deixou as família dos adolescentes em “angustia e repulsa”.

Também foi afirmado que o número real de infetados poderia ser muito superior, uma vez que muitas famílias levaram os seus filhos a hospitais fora da área mais próxima para evitar a vergonha.

Os rapazes infetados ficaram no hospital Mechraa Belksiri durante uma semana para receberam a vacina contra a raiva.

As autoridades locais estão agora a tentar encontrar alguém que se tenha “aproximado” do animal para limitar a propagação da doença.

Este incidente tornou-se rapidamente objecto de gozo e ridicularização entre a população da cidade.

No entanto, tornou-se também um motivo para o medo e vergonha dos pais que, em segredo, mandaram vacinar os seus filhos no caso de terem tocado no animal.

As autoridades locais ordenaram que o dono do animal o abatesse para evitar mais riscos de propagação da doença.