A Hyperion apresenta um super carro impulsionado por hidrogénio que vai dos 0 aos 100 em 2.2 segundos

Se acham que a tecnologia eléctrica dos carros Tesla estava na vanguarda da indústria automóvel, a seguinte geração de carros livres de combustíveis fósseis e poluição está já ao virar da esquina, sendo ainda mais rápida do que tudo o que já foi visto antes.

 

A empresa de tecnologia Hyperion não é especialista em fabricar automóveis mas ainda assim, acabou de conceber um que tem tanto de potente como de inovador. Diz adeus à gasolina e até aos motores impulsionados por baterias eléctricas, porque o novo Hyperion XP-1 utiliza hidrogénio como principal combustível.

Este super carro tem dois tanques carregados de hidrogénio que alimentam dois motores eléctricos e como se trata de um composto mais ligeiro, o XP-1 tem menos peso do que um carro eléctrico de última geração e bem, menos peso traduz-se em maior velocidade, daí este menino conseguir ir dos 0 aos 100 km/h em apenas 2.2 segundos, alcançando uma velocidade máxima de 355 km/h.

O diretor da Hyperion, Angelo Kafantaris, diz que já existem empresas de automóveis suficientes, pelo que eles se destacam por serem uma empresa de tecnologia avançada que decidiu apresentar este carro para mostrar as vantagens de utilizar hidrogénio como combustível, sendo que o XP-1 carrega em menos de cinco minutos e tem autonomia para cerca de 1.600 kms.

Atualmente, o problema tem que ver com o facto de existirem poucas estações de carga de hidrogénio, mas a Hyperion faz intenções de instalar 12.000 até 2022, para poderem lançar o XP-1 já para o ano no mercado.

O XP-1 pode ser o início de algo grande…