A Intel fez uma cena do GTA V parecer real: mais um avanço para o mundo dos videojogos

 

A tecnologia que o desenvolvimento de videojogos utiliza hoje em dia é verdadeiramente impressionante. Com a chegada da PS5 ao mercado, muitos de nós ficámos impressionados com a imagem de alta qualidade que os jogos podem ter e, muito provavelmente, no futuro estaremos a jogar com personagens que não seremos capazes de distinguir se são reais ou fictícios.

A verdade é que talvez essa tecnologia não esteja tão longe assim, pois os investigadores da Intel Labs estão a desenvolver um algoritmo de aprendizagem automática em imagens de consola para convertê-las em imagens fotorealistas. Mais do que isso, eles trouxeram recentemente uma pequena amostra do que conseguiram até agora com um pequeno vídeo onde fizeram o GTA V parecer a vida real…

Como vês, o hardware utilizado para o desenvolvimento de jogos não pode tornar os jogos de vídeo tão realistas como os efeitos especiais utilizados nos filmes de Hollywood, uma vez que uma consola actual só pode gerar 60 frames de vídeo com uma resolução de 4K por segundo. Isto significa que se fossem criadas estruturas complexas, levariam horas, ou mesmo dias, a renderizar.

 

Mas bem, este algoritmo vem facilitar todo esse processo, e embora nem sempre produza os resultados esperados, devido a esta nova abordagem, os peritos da Intel Labs conseguiram renderizar imagens do Grand Theft Auto V ao utilizar dados de renderização a que o motor do jogo tem acesso, tais como a profundidade dos objectos numa cena e informação sobre como é processado e a sua iluminação.

A modificação destes motores de jogo é o que nos permite criar obras-primas como a que se segue:

Devido a este algoritmo, o resultado é uma imagem quase real. Nele, as texturas e superfícies são suavizadas e os reflexos são adicionados aos veículos. Melhor de tudo, os investigadores acreditam que com a utilização do hardware certo e uma maior optimização, a imagem do jogo poderia ser melhorada com esta resolução em tempo real.

Desta forma, em poucos anos, em vez de investires o teu dinheiro numa dispendiosa consola de alta resolução, só precisaríamos de uma actualização de software, o que seria mais conveniente para os nossos bolsos.

Muito bom.