A Tatiana faz 4500€ por mês a vender a sua roupa interior usada ?

 

Uma trabalhadora de supermercado ganha até 4500€ por mês a vender online a sua roupa interior usada.

Tatiana Bee, de Londres, Reino Unido, deu início ao pouco ortodoxo negócio em Abril de 2019, desejosa de complementar os seus rendimentos depois de ter saído de casa.

Mas quando a jovem de 24 anos se deparou com o website Sofia Gray, nunca imaginou o quão lucrativa a plataforma poderia ser.

O site oferece um espaço dedicado onde as pessoas podem comprar e vender roupa usada, e quando a pandemia começou, os seus ganhos dispararam até £4.000 num mês.

“Varia a cada mês, se é que isso faz algum sentido” – disse Tatiana.

“Não é exatamente como se eu soubesse que vou definitivamente receber esta quantia este mês. Depende do cliente, depende de quão ocupado está, do que as pessoas estão a fazer.”

“No meu melhor mês, posso ganhar cerca de 4500€. Mas eu só fiz isso uma ou duas vezes. Tudo o resto tem sido, cerca de 1600€.”

Então, agora perguntas-te porque é que ela ainda está a trabalhar no supermercado. Bem, a Tatiana não está muito interessada em que a sua família saiba do seu pequeno e lucrativo ganha pão.

 

Ela explicou: “Os meus amigos pensam que é uma fachada – não é uma fachada.”

“É que obviamente, a minha família sabe que eu gosto de ir de férias, tenho viagens caras, tenho muitas coisas.”

“Por isso, se me perguntassem como é que eu financiava isto, havia isso. E mais, eu gosto de ter essa estabilidade.”

Tatiana cobra 46€ por um par de cuecas “de 24 horas”, mas essa taxa pode aumentar para pedidos especiais – alguns dos quais ela aceita, alguns dos quais não aceita.

Ela disse: “Por vezes podem pedir uma determinada cor de roupa interior. Por isso eu faço isso.”

“Há certas coisas que eu não faço, que é, sabem, o número dois – que já algumas pessoas têm pedido.”

“Eu, pessoalmente, não faria isso. Simplesmente não o poderia empacotar e enviá-lo!”

Ela acrescentou: “Para ser completamente honesta, ao longo dos últimos dois anos, ela surgiu um par de vezes; mas sabes que mais, traços diferentes para pessoas diferentes.”

E embora Debenhams possa estar um pouco curiosa sobre como Tatiana passa por tantas cuecas, ela não tem absolutamente nenhum arrependimento em entrar nesta mais moderna das empresas.

Ela disse: “Encorajo todos os que me perguntam sobre isso, apoio-os a fazer o que os faz felizes, o que os torna financeiramente estáveis.”

“Quer dizer, só se vive realmente uma vez, por isso mais vale vivê-lo ao máximo.”