Buraco gigante “engole” dois cães depois de ter aparecido do nada

 

Um enorme buraco de 60 metros de largura, que aparentemente apareceu do nada no campo de um agricultor no centro do México, acabou mesmo por “engolir” dois cães. Consta-se que os pobres animais teriam ficado presos durante cerca de quatro dias, num parapeito localizado perto do buraco…

Spay e Spike tinham aparentemente estado a brincar no campo agrícola onde o buraco emergiu, quando acabaram por cair nas suas profundezas, de acordo com o que reportou a AP News. Durante dias, foi considerado demasiado perigoso tentar um salvamento devido ao solo solto nas margens do buraco.

No entanto, dias depois, um bombeiro fez a descida para o poço, em parte utilizando uma escada para manter o solo nas margens estáveis. Alguns dos seus colegas foram vistos de pé atrás do poço, usando cordas e um sistema de roldanas para puxar as gaiolas que continham os dois animais.

As fotografias de Spay e Spike, que estão agora a ser cuidadas por veterinários, foram desde então distribuídas pelo governo do estado. As imagens mostram os cães bem alerta e em segurança depois de tudo o que passaram.

Um agricultor em Santa Maria Zacatepec, estado de Puebla, descobriu pela primeira vez um enorme buraco na terra, que, segundo o governador do estado Miguel Barbosa Huerta, media inicialmente 60 metros de diâmetro.

O buraco, que aparentemente surgiu do nada, levantou preocupações sobre uma casa que se encontrava muito próxima dele. Como resultado, a família proprietária da propriedade foi evacuada como medida de segurança. Houve também avisos de que as pessoas deveriam manter-se afastadas do buraco.

Felizmente, esta súbita mudança na panorama agrícola daquela região não fez mal a ninguém. No entanto, teve impacto sobre aqueles que foram evacuados.

Surreal.