Cães de rua ficam azuis devido a resíduos químicos perto de uma fábrica

 

Os residentes de Níjni Novgorod, Rússia, viral algo estranho – uma matilha de cães com pelo azul a passear pela área. Diz-se que a cor bizarra foi causada pela exposição dos cães a resíduos químicos perto de uma fábrica abandonada.

Têm estado a circular fotografias dos cães online, o que levou a autoridades a apanhá-los para serem examinados. Foram os residentes locais perto da fábrica de Dzerzhinskoye Orgsteklo que tiraram as fotos.

A fábrica da era soviética, que em tempos foi uma grande instalação de produção química, fechou há seis anos devido a problemas financeiros. A fábrica era utilizada para fazer ácido cianídrico e acrílico.

 

Andrey Mislivets, o gerente de falência da fábrica, disse que os cães vadios podem ter encontrado sulfato de cobre, um tipo de químicos que pode ser inflamável, enquanto vagueavam pelos edifícios abandonados nas proximidades.

“Possivelmente encontraram os restos de alguns produtos químicos antigos e rebolaram neles, e possivelmente era sulfato de cobre”, disse ele.

Mislivets revelou também que algo semelhante aconteceu há vários anos atrás quando cães de rua receberam “corantes” não naturais. Ele acrescentou que ninguém controlava os cães e que não era possível para a empresa, que já estava financeiramente falida, ter os animais capturados e esterilizados.

Segundo o que foi reportado, as autoridades da cidade terão pedido autorização para entrar na propriedade privada para capturar e controlar os cães contaminados.

“Devem ser controlados, a sua saúde deve ser avaliada, e a razão da sua coloração do pêlo deve ser encontrada”.

O sulfato de cobre pode causar uma picada ou sensação de ardor, o que pode levar a comichão ou inflamação.