Cão é abandonado porque os donos pensavam que ele era gay

 

Os ex-donos de um cão na Carolina do Norte foram fortemente criticados depois de terem abandonado o seu animal de estimação por acreditarem que ele era gay. Fezco, o cãozinho em questão, tem 5 anos e diz-se que se dá bem tanto com as pessoas como com outros animais, o que sem dúvida o torna um belo animal de estimação para qualquer família que se preocupe com ele.

Infelizmente, no entanto, Fezco acabou por ser abandonado no condado de Stanly depois de ter atacado outro cão macho – algo que é relativamente comum entre os caninos. Apesar disto, parece que os donos do Fezco decidiram que o seu comportamento era a prova de que ele se sentia sexualmente atraído por outros machos, e por isso decidiram que ele não podia ficar debaixo do seu tecto.

 

Numa publicação realizada no Facebook, os Serviços de Protecção Animal do Condado de Stanly em Albemarle disseram que Fezco foi trazido para o abrigo depois de ter agredido outro cão macho, onde foi deixado para encontrar uma nova família.

O abrigo está agora pedir centros de salvamento locais para levar Fezco para um novo espaço antes de ele encontrar o seu novo lar para sempre, afirmando que ele é um “bom rapaz”.

Os utilizadores dos meios de comunicação social criticaram veementemente a antiga família de Fezco por o ter entregue depois de a notícia do abandono de Fezco ter sido partilhada na internet.

Esperemos que ele encontre o lar que merece.