Chefe de cozinha cai numa panela de sopa e morre com queimaduras de terceiro grau

 

Um cozinheiro morreu após ter caído numa panela de canja de galinha e sofrer queimaduras de terceiro grau em 70% do seu corpo.

A 15 de Junho, Issa Ismail, de 25 anos, estava a preparar sopa no local de casamento de Hazel Hall, no distrito de Zakho, no Iraque, quando a tragédia ocorreu. O pai de três filhos escorregou e caiu na grande panela de sopa antes de cair no chão.

Ismail foi levado à pressa para o hospital de Dohuk onde foi tratado pelos seus ferimentos graves, mas apesar dos esforços do pessoal hospitalar, infelizmente morreu cinco dias mais tarde.

 

Um parente do falecido chefe de cozinha disse que Ismail tinha trabalhado como chefe de cozinha durante oito anos, preparando comida em casamentos, funerais e várias cerimónias na região. Ismail estava a receber o equivalente aproximado a £12,45 por dia quando ocorreu o acidente.

A grande panela de sopa em que o cozinheiro caiu estava alegadamente no chão na altura do trágico acidente.

Desde que as notícias sobre a morte do cozinheiro se tornaram públicas, tem havido uma onda de apoio nas redes sociais, bem como de críticas dirigidas ao empregador e às cozinhas da região. Muitos apelaram a que os empregadores seguissem medidas de segurança e erradicassem a negligência, a pressão do trabalho, e a má organização.