Cientista criaram metal líquido programável que muda de forma

 

A ciência está a evoluir a toda velocidade e aproxima-se cada vez mais da ficção. E neste caso, há um novo avanço que te vai fazer lembrar dos filmes do The Terminator.

De acordo com o que foi reportado, investigadores das universidades de Sussex e Swansea aprenderam a manipular metal líquido, aplicando-lhe cargas elétricas. Com isto, conseguem criar formatos bidimensionais como corações e cartas.

A equipa de investigadores revela que esta descoberta é bastante promissora e abre possibilidade na área da robótica.

Yutaka Tokuda, da equipa de investigação da Universidade de Sussex, partilhou o seguinte em relação ao projeto:
” Isto é uma nova classe de materiais programáveis num estado liquido, é possível transformar dinamicamente uma gota em formatos com geometria complexa, de forma controlada. Apesar do trabalho estar num estado inicial, ter provas que é possível mudar o formato de metais líquidos detalhadamente deixa-nos muito entusiasmados para explorar outras aplicações em computação gráfica, aparelhos eletrónicos inteligentes e robótica.”

 

o professor Sriram Subramanian, diretor do laboratório INTERACT da Universidade de Sussex, acrescentou:

“Um dos nossos objetivos é poder mudar o formato físico, aparência e funcionalidade de um objeto com controlo digital para criar objetos inteligentes, habilidosos e úteis que excedam as funcionalidades dos robôs atuais.”

Entretanto, um artigo do DailyAccord diz que algumas das aplicações imediatas do projeto incluem placas de circuitos programáveis e tinta condutora. Como os campos elétricos são feitos através de computadores, significa que a posição e o formato do metal liquido podem ser programados e controlados dinamicamente.