Cientistas criam novo medicamento que pode regenerar os dentes

 

Os cientistas japoneses desenvolveram um medicamento que pode potencialmente ajudar a regenerar dentes perdidos. Os testes realizados com ratos e furões têm sido um sucesso, e agora estão ansiosos por prosseguir para as próximas fases de testes.

Aparentemente, os cientistas dizem que a supressão do gene USAG-1 com tratamento de anticorpos pode regenerar os dentes perdidos. O estudo foi publicado na Science Advances em Fevereiro de 2021, mas só começou a receber atenção nas redes sociais no mês passado.

“Nós sabíamos que suprimir o USAG-1 beneficiava o crescimento dos dentes”, segundo o estudo do autor Katsu Takahashi da Kyoto University Gradyare School of Medicine. “O que não sabíamos era se seria suficiente… Os furões são animais com padrões dentários semelhantes aos humanos. O nosso próximo plano é testar os anticorpos noutros animais, tais como porcos e cães”.

 

O tratamento pode vir a ser útil para aqueles que querem uma solução para problemas dentários mais permanente do que as próteses dentárias e implantes.

“A engenharia convencional de tecidos não é adequada para a regeneração dentária”, acrescentou o coautor do estudo Manabu Sugai da Universidade de Fukui. “O nosso estudo mostra que a terapia molecular sem células é eficaz para uma vasta gama de agenesias dentárias congénitas”.

O estudo também diz o seguinte:

“Os nossos resultados demonstram que a USAG-1 controla o número de dentes ao inibir o desenvolvimento de potenciais germes dentários em ratos selvagens ou mutantes com falta de dentes. A administração de anticorpos anti-USAG-1 é, portanto, uma abordagem promissora para a terapia de regeneração dentária”.