Coveiro que cavava um túmulo é enterrado vivo e morre após um desabamento de terra

 

Um coveiro que se encontrava a cavar um túmulo em mais um dia de trabalho, no cemitério de Long Island, Nova Iorque (Estados Unidos), morreu depois de um desabamento de terra que o enterrou vivo.

Rodwin Allicock, de 42 anos, estava dentro de uma cova no Washington Memorial Park com mais de dois metros de profundidade a tentar nivelar o fundo quando as laterais do buraco quadrangular cederam, de acordo com o que reportou o New York Daily News.

 

Alguns colegas de trabalho tentaram salvar o coveiro soterrado, mas não conseguiram retirá-lo do local. Uma equipa de resgate foi ao cemitério, mas, ao retirar Rodwin da terra, constataram que ele já estava morto.

A polícia do condado de Suffolk investiga agora o caso.

RIP.