Criador abandona cão que nasceu sem olhos depois de ter tentado criar o cão mais pequeno do mundo

 

Um cãozinho que nasceu sem olhos e que pesa apenas um quilo foi abandonado por um criador, que supostamente estava a tentar criar o cão mais pequeno do mundo ao cruzar duas raças.

O fruto do cruzamento entre um Miniature Schnauzer e um Wheaten Terrier foi levado eventualmente para um canil depois do seu criador não conseguir alimentá-lo adequadamente, colocando-o em perigo de subnutrição.

Nascido sem olhos e pesando apenas 1 quilograma, o cãozinho não tinha sequer resposta ao mamar, o que significava que não podia sequer beber de uma garrafa.

Agora, os proprietários do canil estão agora à procura de um novo lar para Teacup, chamado assim devido ao seu tamanho pequeno.

A Big Fluffy Dog Rescue em Nashville, no Tennessee, quer agora consciencializar as pessoas sobre as questões por detrás da compra de cães vistas como “a compra de brinquedos”.

Nicole Butler, de 38 anos de idade, é a Coordenadora de Adopção do centro de resgate em questão, e tem vindo a promover Teacup até encontrar um lar adequado para ele, que não deve ter cães grandes que o possam esmagar e que possua um quintal vedado e sem degraus.

Nicole disse: “Não podia acreditar como ela era minúscula e estava tão ansiosa por lhe darem alguma comida… Ele não tem qualquer dor e não sabe que é deficiente, pois nunca conheceu a vida com visão”.

 

“Ninguém lhe disse que ele é especial, por isso, ele dá-se bem como qualquer outro cão feliz, só que de vez em quando acaba por esbarrar nas coisas. Dizemos sempre ‘adoptar e não comprar’, mas as pessoas continuam a manter os criadores em actividade”.

Teacup, cuja mãe pesava 9 kgs e o pai 11 kgs, foi trazida para o canil no dia 27 de março, às quatro semanas, pelo seu criador, oriundo da Georgia.

Quanto a isso, Nicole disse: “Parece que ele foi bem tratado, mas não foi treinado nem preparado para quando as coisas corressem mal”.

Para além da cegueira, Teacup nasceu ainda com a bexiga “colada” ao seu útero, e luta para se manter quente porque é simplesmente demasiado pequeno.

As doações para o Teacup e para a Big Fluffy Dog Rescue podem ser feitas AQUI.

Esperemos que tudo corra bem.