Criança viveu durante dois anos com uma peça de LEGO alojada no nariz

 

Uma criança de sete anos de idade oriunda da Nova Zelândia viu-se recentemente livre de uma peça de LEGO que esteve alojada no seu nariz durante dois anos.

Muitas crianças acabam com brinquedos de pequenas dimensões presos no nariz, mas por norma isso acontece durante poucos segundos, excepto no caso de Sameer Anwar. Ele nunca havia conseguido recuperar o braço de um boneco da LEGO que tinha inalado por uma das suas narinas em 2018, até agora…

O médico que consultou Sameer também não conseguiu encontrar a minúscula peça mas a criança não tinha dores, por isso ninguém se preocupou muito, sendo que o médico disse que eventualmente a peça ia passar para o aparelho digestivo e sair de forma natural.

A família, residente em Dunedin, na Nova Zelândia, acabou por se esquecer deste incidente e os anos passaram sem quaisquer incidentes neste sentido. O pai, Mudassir, disse até que o seu filho nunca mais falou do incidente, tendo dito ao Guardian que “ele nunca teve queixas sobre a peça”.

 

No entanto, há poucos dias e passados dois anos, o assunto da peça de LEGO voltou a surgir, isto porque a mesma, miraculosamente, surgiu, sendo que esteve durante aquele tempo todo no nariz de Sameer.

Sameer inclinou-se para cheirar uns cupcakes que tinham acabado de ser confeccionados e começou a sentir alguma dor no nariz. A sua mãe ajudou-o a assoar-se e eis que a peça saiu disparada da sua narina.

Aí, a criança gritou: “Encontrei o LEGO!”.

Para já, a pequena peça não voltou à sua colecção e o pai de Sameer disse, em tom de brincadeira, que a mesma devia “ser doada a um museu”.