Enfermeiro grava mensagem para a sua família horas antes de se render à COVID-19

 

Sergio Humberto Padilla Hernandez, um enfermeiro no Hospital Angeles Cuauhtémoc, filmou algumas palavras de despedida para a sua família horas antes de morrer com COVID-19.

Sergio tinha esperança de que fosse recuperar e gravou a mensagem amorosa para a sua família. Na gravação, disse “Eu vou recuperar, se Deus quiser. Vamos seguir em frente.”

“Aconteça o que acontecer, vocês vão sempre ter os meus interesses em mente, sempre. Eu amo-vos e vocês são meu coração.”

O enfermeiro de 28 anos morreu no dia 6 de Novembro, apenas algumas horas depois de ter sido entubado. A morte de Sergio não é a primeira na sua família. A sua irmã Dolores morreu aos 30 anos no dia 8 de Agosto. Antes disso, a sua família, incluindo os seus pais, a irmã gémea de Dolores e a sua filha, já tinha contraído a doença.

A mulher de Sergio, Denise, e o seu filho de 5 anos, Sergio Hernandez III, ficaram a salvo.

 

De acordo com o seu primo, Adalberto Hernandez, Sergio adorava ajudar pessoas.

Ele não podia trabalhar no hospital porque a sua família esteve doente em Julho, mas regressou ao hospital a meio de Setembro.

Infelizmente, depois de regressar ao mesmo hospital onde a sua irmã morreu, ele contraiu o mesmo vírus. No dia 22 de Outubro, ele testou positivo para a COVID-19. Ele permaneceu em casa, mas o seu estado piorou dia 5 de Novembro. “Nesse momento, todos os testes mostravam que tinha perdido 90% da sua função pulmonar”, disse Adalberto.

Nessa mesma noite, Sergio filmou-se a dizer algumas palavras para a sua família, embora os médicos estivessem confiantes porque “ele não tinha problemas de saúde, ele era jovem, saudável.”

“Isto é muito trágico para nós. É como se tivéssemos perdido um irmão. Agora que vemos de novo, quase serviu como uma despedida.”

Adalberto diz que o vídeo lhes parte o coração mas faz como que deem mais valor à vida. Partilhou também o quão triste se sente pela sua mãe, que perdeu dois filhos seguidos.

“A mãe, é ferida tão fresca perder um filho, e agora tem de ver outro a morrer”, disse ele. “É simplesmente inimaginável”.

Vê o vídeo de Sergio em baixo: