Escolas substituem relógios analógicos por digitais porque os seus alunos não sabiam ver as horas

 

Parece que ver as horas num relógio analógico está a ficar ultrapassado. Vivemos numa nova era de tecnologia em que o formato digital impera e assim, muitas pessoas mais jovens não conseguem compreender o funcionamento das coisas no passado e nem o querem fazer, dado os facilitismos que hoje existem.

O resultado disso é que existe mesmo quem não consiga ver as horas num relógio analógico…

A geração Z está muito acostumada a realizar muitas tarefas com ajuda de dispositivos digitais e como não entendem a maneira de ver as horas nos relógios analógicos, algumas escolas decidiram substitui-los por relógios digitais para que os alunos não percam tempo a “decifrá-los”.

O secretário geral adjunto da Associações de Líderes Escolares e Universitários do Reino Unido, Malcolm Trobe, explica que esta medida foi tomada quando os professores se aperceberam de que os alunos continuavam a perguntar-lhes quanto tempo faltava para terminar os testes mesmo com um relógio à frente deles.

 

Ao que parece, alguns alunos queixaram-se até do facto de serem obrigados a ter mais uma “camada extra” de stress por terem de pensar para perceber que horas são em pleno exame, onde o objetivo seria estar concentrado/a na prova.

Como resultado, alguns relógios analógicos vão mesmo ser trocados por digitais.

Nas redes sociais, a medida causou polémica. Por um lado, existe quem defenda que a tecnologia deve estar ao alcance de todos e que o caminho normal é esquecermos o analógico para “vivermos no digital”. Por outro lado, há quem considere absurdo que as novas gerações não sejam capazes de fazer algo tão simples como ver as horas.

O que dizer?