“Filmes mais nojentos de todos os tempos” vão ser lançados sem cortes 10 anos depois

 

O A Serbian Film, conhecido como o filme mais horripilante que já alguma vez foi feito, vai ser lançado sem cortes e com todas as partes que foram censuradas na versão original.

Se mencionares este filme de 2010 a alguém que já tenha testemunhado este derramamento de sangue, é provável que suspirem ainda com um pouco de trauma.

Com uma violência grotesca de causar pesadelos, muito para além da tortura tradicional, como o Saw e o Hostel, até os espectadores mais corajosos se sentirão enjoados. Agora, as pessoas vão poder ver o filme na sua totalidade.

O relançamento de filme está a ser gerido pela Unearthed Films, que escreveu numa declaração: “O filme brilha em Blu-ray e DVD com legendas em inglês. É a primeira vez que o filme é lançado em 4K”!

Para aqueles que tiveram a sorte de ainda não ter visto o filme, aqui está a sinopse: “Milos, um ator pornográfico reformado, têm uma vida familiar normal coma sua mulher Maria e o seu filho de 6 anos Petar na tumultuosa Sérvia, onde se esforçam para por comida na mesa. Um chamada repentina do seu antigo colega Layla vai mudar tudo.”

Continua: “Consciente dos seus problemas financeiros, Layla apresenta Milos a Vukmir – uma figura ameaçadora, misteriosa e politicamente poderosa na industria pornográfica. O papel principal numa produção de Vukmir vai dar a Milo suporte financeiro para si e para a sua família para o restos das suas vidas.”

 

No entanto, este papel porno não é o que parece. “Milos é arrastado para um turbilhão de crueldade inacreditável e caos idealizado pelo seu patrão, o diretor do seu destino. De modo a escapar ao inferno cinematográfico em que se meteu, e salvar a vida da sua família, Milos terá de sacrificar tudo – o seu orgulho, a sua moralidade, a sua sanidade, e talvez até a sua própria vida”, acrescenta a sinopse.

O seu lançamento teatral gerou controvérsia não só pelo seu conteúdo, mas também pela censura contestada. Muitas queixas foram recebidas antes da sua proposta de exibição em Frightfest, incitando o conselho local a recusar a autorização, a menos que o BBFC lhe dessem um certificado de idade.

No entanto, a entidade de censura solicitou que fossem feitos 49 cortes individuais – num total de três minutos e 48 segundos – a fim de obter um certificado de maior de 18. O festival recusou-se a exibi-lo, uma vez que não era a visão original de Srđan Spasojević.

Ainda se pode comprar o filme no Reino Unido, embora seja a versão cortada, omitindo alguns pormenores bastante horríveis do filme.

No website do BBFC, constata que “Reconhecendo que o filme foi concebido como uma alegoria política que pretendia – e precisava de – chocar como parte da sua tese geral, o BBFC tentou construir os cortes cuidadosamente para que a mensagem do filme, bem como o significado de cada cena individual, fosse preservada”.

O lançamento sem cortes e sem censura de um filme sérvio irá sair a 19 de Janeiro de 2021. Também foi feito um teaser de um documentário sobre o mesmo para o final do próximo ano.