Hackers roubam dinheiro a empresas milionárias e doam-no a fundações de caridade

Vivemos numa era digital em que cada vez mais processos e operações podem ser realizados recorrendo a plataformas online e/ou contas na internet. E bem, se está tudo a ficar modernizado, os criminosos ao estilo Robin Hood não podem ficar para trás.

 

O grupo de hackers conhecido na deep web como Darkside deu que falar e ficou na história depois de terem realizado o primeiro roubo de criptomoedas a empresas, tendo utilizado o dinheiro roubado para doar a centros de caridade e apoio humanitário.

Roubar aos ricos para dar aos pobres também se tornou digital.

Estes hackers fizeram duas donações de 10 mil dólares em bitcoins às fundações de caridade Children International e The Water Project, através da página The Giving Page, website criado com o propósito de receber doações para organizações voluntárias usando criptomoedas.

A Darkside anunciou depois de ter feito a transferência do dinheiro que o mesmo foi roubado a distintas empresas multimilionárias, alegando que os centros de caridade saberiam certamente dar-lhe melhor uso.

O que dizer?