Homem atira pr*stituta pela janela porque ela “falhou em dar-lhe prazer”

 

Um homem foi acusado de atirar uma trabalhadora s*xual de uma janela a 7 metros de altura por ela “não o ter conseguido agradar com as suas capacidades”.

O alegado incidente, envolvendo um homem de 28 anos e uma mulher de 24 anos, teve lugar na região sudoeste da Rússia de Kaluga.

O homem, identificado apenas como Alexsandr, terá exigido metade da quantia que tinha pago pelo seu serviço de volta, dizendo “as suas capacidades não corresponderam às suas expectativas”.

De acordo com os meios de comunicação locais, a mulher terá retirado todo o dinheiro que ele lhe tinha dado de dentro da sua bolsa e atirou-o à cara do homem.

 

Depois disso, o homem empurrou-a pela janela, de acordo com reportagem da 360 TV. Consta-se que os vizinhos alertaram as autoridades após terem ouvido os gritos aterrorizados da mulher.

Ela foi levada para o hospital com fracturas na perna direita e fracturas por compressão vertebral, mas os médicos dizem que a sua vida não está em perigo.

Alexsandr terá admitido que empurrou a mulher, mas afirma que ela caiu “acidentalmente” pela janela.

Pelo que fez, o homem foi detido e colocado sob custódia. Se for condenado, poderá enfrentar até 15 anos de prisão. A investigação continua.