Homem diz que se recusa a ceder o seu lugar no autocarro a grávidas porque “trabalha muitas horas seguidas”

 

Um homem tem gerado muita controvérsia nas redes sociais depois de ter dito que se recusa a ceder o seu lugar a mulheres grávidas em autocarros e comboios devido ao seu longo horário de trabalho.

O problema começou quando o homem em questão decidiu expor o seu ponto de vista no Reddit, mais especificamente num tópico chamado Am I The A**hole? – onde os utilizadores expõem conflitos recentes e a comunidade avalia se eles agiram bem ou não.

Foi aí que ele decidiu perguntar se era um otário por não ceder o seu lugar a mulheres grávidas nos transportes públicos, depois de turnos de dez horas de trabalho.

 

Ele explicou: “Ontem estava no autocarro e uma mulher grávida entrou. Ela estava à procura de lugar mas não havia nenhum disponível. Eu estava muito perto dela, por isso ela fez-me aquele olhar quase que a implorar pelo lugar. Eu não fui rude mas disse-lhe simplesmenteque não, porque tive um dia longo e os meus pés estavam cheios de bolhas. Não quis abdicar do meu lugar”.

“Ela começou a chorar pelo facto de estar grávida e ser mãe solteira e eu lamentei mas disse-lhe que isso era uma escolha dela e que ela não podia esperar que as outras pessoas metessem paninhos quentes nas suas decisões de vida”, concluiu.

As opiniões no Reddit foram divididas, sendo que muitos criticaram a atitude deste homem. Um utilizador disse: “Se vês alguém que precisa mesmo de um lugar, dás-lhe esse lugar”.

Qual o teu ponto de vista?