Homem fica estupefacto ao encontrar uma abelha verde

 

Um homem australiano pediu ajuda para identificar uma abelha verde brilhante que o seu amigo encontrou quando estava no Território do Norte.

Ao publicar no grupo do Facebook Amateur Entomology Australia, Indo Char partilhou uma série de fotografias do inseto e pediu ajuda aos outros utilizadores das redes sociais para determinar o que era.

Escreveu: “Olá, recebi isto de um amigo e temos a sensação de que poderia ser algum tipo de abelha (talvez uma abelha carpinteira).”

“Uma segunda opinião seria bem-vinda… Estou em Darwin, Território do Norte”.

E parece que pode estar correcto, uma vez que vários utilizadores comentaram a dizer que era uma abelha carpinteira – também conhecida como xylocopa.

Uma pessoa respondeu: “A tua fotografia é de uma abelha carpinteira macho Xylocopa.”

Outro escreveu: “Definitivamente uma abelha Xylocopa (carpinteira) nativa”.

Um terceiro disse: “Abelha bizarra, pode ser uma abelha carpinteira verde metálica”.

 

As abelhas têm este nome porque tendem a enterrar-se na madeira – são uma das maiores espécies de abelhas nativas da Austrália, com adultos a crescerem até quase 2cm de comprimento.

As abelhas não têm ferrão e não produzem mel, mas trabalham arduamente na polinização das plantas em todo o país.

No ano passado, os utilizadores das redes sociais ficaram chocados quando descobriram que existiam abelhas azuis brilhantes.

Os insetos invulgares podem ser encontrados na Austrália inteira, com exceção da Tasmânia, e as suas faixas azuis brilhantes distintas tornam-nas fáceis de detetar.

Tal como a sua abelhas normais, as amegilla cingulatas têm ferrão mas não são conhecidas por serem agressivas.