Homem inventa uma caganita falsa para meteres na bicicleta e evitares que seja roubada

 

A bicicleta já demonstrou ser um muito eficaz método de transporte. É amigo do ambiente e perfeito para fazer exercício, o que faz naturalmente com que cada vez mais pessoas prefiram recorrer a ela ao invés dos transportes convencionais como o autocarro.

A verdade é que uma bicicleta também é mais fácil de roubar do que um carro, por exemplo, mas felizmente este problema está a ser colmatado. Motoki Reoga, com 29 anos de idade, vive em Saitama e decidiu criar uns stickers que fazem lembrar belos cocós de pássaro e bem, os mesmos aderem ao selim da bicicleta: assim, em caso de roubo, os ladrões terão de pensar duas vezes se querem mesmo roubar uma bicicleta aparentemente suja daquela maneira.

Motoki criou estes adesivos como parte dos seus estudos de design na CITech e ganhou inclusive um prémio pela sua originalidade.

Segundo as suas investigações, no Japão é roubada uma bicicleta a cada 15 minutos, pelo que é algo longe de incomum. Das 35.395 bicicletas roubadas em 2018, 42% tinham cadeado e foi isto que o impulsionou a criar estes pequenos stickers.

 

Para ver se a sua teoria funcionava, Motoki levou a cabo uma experiência social onde colocou mil bicicletas com os adesivos nas ruas, deixando-as sem cadeado.

Durante cinco dias, nenhuma das bicicletas com o sticker do aparente cocó foi roubada. Para poder produzir estes adesivos em massa, Motoki colocou a sua engenhosa criação num site de financiamento colectivo e já arrecadou mais de 4 mil dólares.

Há heróis que não usam capa.