Homem mata a vizinha e prepara prato com o coração dela e batatas

 

De forma absolutamente surreal, um homem acusado de triplo homicídio confessou esta semana ter matado uma vizinha e arrancado o coração dela para comer em casa, em Chickasha, Minnesota (Estados Unidos).

“Ele cozinhou o coração com batatas para alimentar a sua família e libertar os demónios”, informou a polícia local, de acordo com o website Oklahoman. Andrea Lynn Blankenship tinha 41 anos de idade.

Depois de matar a vizinha, de acordo com o relato da polícia, Lawrence Paul Anderson foi até sua casa e assassinou à facada um tio e uma menina de 4 anos.

 

O caso provocou indignação porque o criminoso reincidente foi libertado da prisão no início de janeiro. Ele foi condenado em 2017 a 20 anos de prisão por tráfico de crack, mas saiu depois do governador Kevin Stitt ter trocado a pena.

Lawrence estava a morar na casa dos tios desde que foi libertado. Antes, ele já havia cumprido dois anos de detenção por ter agredido a namorada.

Lawrence pode ser condenado à morte. A defesa alega que o cliente é bipolar.

Fonte: Independent