Homem morre depois de cobrir “mangalho” com super cola por não ter preservativo

 

Um homem de 25 anos identificado como Salman Mirza faleceu depois de ter aplicado uma super cola forte, própria para aplicações estruturais, no seu “mangalho” como proteção antes de fazer s*xo. O incidente ocorreu em Ahmedabad, no estado de Gujarat (Índia), de acordo com o The Times of India.

De acordo com investigação das autoridades, o incidente ocorreu no dia 22 de junho. Salman ficou hospedado num hotel com a sua noiva e uma outra mulher. À noite, o homem teria usado uma super cola muito forte na sua genitália como substituto de um preservativo que ele não trazia consigo no momento.

 

No dia seguinte, Salman foi encontrado inconsciente e levado para um hospital próximo. A verdade é que ele não resistiu e acabou por morrer pouco depois.

Amigos disseram acreditar que o indiano estivesse drogado ao usar o adesivo como preservativo. Uma queixa foi feita em Ahmedabad por familiares de Salman, alegando que a noiva dele o instigara a usar drogas e aplicar a super cola no pénis com o objetivo de ter s*xo protegido. O defunto era o único membro da família que tinha emprego.

O exame que vai esclarecer a causa da morte de Salman ainda não teve o resultado divulgado. Acredita-se que a morte tenha sido uma combinação dos fatores: a inalação de substância tóxica do produto usado e o efeito das drogas.