Já existem capacetes de astronauta que filtram o ar e protegem da COVID-19

 

A pandemia da COVID-19 tem sido um enorme desafio em todos os âmbitos da vida humana e a tecnologia teve de se adaptar de forma a oferecer soluções aos novos problemas que vão surgindo.

Ao contrário do que pensam os “anti-máscaras”, o uso de máscaras, viseiras e outros dispositivos para evitar o contágio do vírus é primordial nesta batalha mundial que estamos a travar com o SARS-CoV-2. Assim sendo, têm havido criações muito originais nesse sentido e a que vamos mostrar é uma delas…

A empresa MicroClimate inventou este autêntico “capacete de astronauta” com filtros de ar como uma alternativa às máscaras. O dispositivo, intitulado Air, pode modificar a qualidade do ar que se respira através de ventiladores introduzidos no interior e o mesmo é limpo com filtros HEPA de alta eficiência.

A verdade é que à primeira vista, este “casco” pode parecer muito quente e abafado mas a verdade não é bem assim. A temperatura e humidade interna estão controladas, evitam que se embacie e até é possível utilizar óculos com o mesmo colocado.

 

A ideia do produto é trazer proteção máxima e, ao mesmo tempo, recuperar o contacto humano ao poder ver o rosto das outras pessoas. A bateria dos ventiladores do casco dura até quatro horas e pode ser carregada através de um cabo USB-C.

Este casco tem um preço de 199 dólares no site oficial da MicroClimate.

O que dizer?