Joe Biden vai oferecer cerveja a toda a gente se 70% dos adultos americanos estiverem vacinados antes do 4 de julho

 

É certo que muitas promessas por parte dos políticos ficam muito longe de ser cumpridas, mas se envolverem cerveja e donuts de borla, certamente que vão chamar a nossa atenção.

A campanha de vacinação COVID-19 continua a avançar em diferentes países, e nos Estados Unidos, um relatório do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças diz que até agora 63% dos americanos já estão imunizados contra a doença. Agora, eles pretendem alcançar a meta dos 70% o mais depressa possível.

Segundo a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, se essa percentagem de pessoas vacinadas for atingida até ao dia 4 de julho, o Dia da Independência, a administração de Joe Biden oferecerá cerveja grátis a toda a gente.

À primeira vista, parece bom demais para ser verdade e é fácil pensar que provavelmente há algum truque envolvido, mas aparentemente tudo vai ser real e legítimo. A Anheuser-Busch, proprietária da marca Budweiser, anunciou que fez mesmo um acordo com o Presidente Joe Biden para dar bebidas a pessoas com mais de 21 anos que recebessem a vacina contra a COVID-19.

 

Obviamente que nem todos poderão usufruir desta promessa do presidente, porque nos Estados Unidos há 196 899 193 pessoas com mais de 21 anos de idade. Assim, a oferta será limitada a 200 000 indivíduos, que serão contemplados com uma cerveja grátis.

As indicações médicas recomendam não beber cerveja ou bebidas alcoólicas nos primeiros dias após a toma da vacina, pelo que esta oferta irá tornar-se realidade até ao dia 4 de Julho, mas apenas se for atingida a marca dos 70% de pessoas vacinadas.

Para além disso, a Krispy Kreme oferece donuts grátis aos americanos que já foram vacinados.

Gostavas de ver alguma coisa parecida feita aqui por Portugal?