Lar cria uma “sala de abraços” para que os mais velhos possam saudar a família sem risco de contágio

 

Uma das coisas mais complicadas durante a pandemia do coronavírus tem sido a constante obrigação de nos mantermos longe daqueles que pertencem a grupos de risco, nomeadamente os idosos.

Temos o dever cívico de proteger estas pessoas e assim, abraços e beijinho são coisas impensáveis desde que tudo isto começou. Agora, um lar em Itália criou uma “sala de abraços” totalmente livre de risco de contágio.

O Lar Domenico Sartor, na região de Veneto, criou um espaço coberto de plástico e com toda a segurança possível para permitir que os familiares se possam reunir com os mais velhos da sua família. Desta forma, todos poderão desfrutar de um bom abraço livre de qualquer risco.

 

Os familiares podem ingressar em grupos pequenos depois de passarem por um filtro sanitário e com o uso obrigatório de máscaras. No interior, está tudo selado, sendo que está tudo coberto de plástico e existem apenas alguns orifícios para colocar as mãos e os braços, podendo assim dar o abraço que tanto desejam.

De acordo com o staff do lar, isto tem ajudado bastante a melhorar o ânimo dos residentes do local, o que traz impactos positivos para a sua saúde. Agora, espera-se que este tipo de salas passe a existir noutros locais, sobretudo nesta fase em que praticamente toda a Europa está a enfrentar a segunda vaga de contágio.

Muito bom.