Lionel Messi IGNORA Pochettino depois de ter sido substituído e a tensão é evidente

 

Lionel Messi recusou um cumprimento do treinador do PSG Mauricio Pochettino após ter sido substituído ao minuto 75 do jogo frente ao Lyon, no Parc de Princes.

As imagens mostram claramente o ex-jogador do Barcelona a ignorar a mão estendida do seu treinador enquanto se afasta do relvado. O vencedor da Bola de Ouro por seis ocasiões esteve perto de abrir o marcador para o seu novo clube várias vezes.

O PSG meteu a “carne toda no assador” para o jogo, com Messi a começar ao lado de Ángel Di María, Neymar e Kylian Mbappé numa frente de quatro. Ainda assim, os parisienses não conseguiram encontrar o seu talento na maior parte do tempo e começaram a perder após um golo de Lucas Paquetá logo após o intervalo. Apesar de uma resposta relativamente rápida sob a forma de um penálti de Neymar, os campeões da Ligue 1 não estavam a conseguir desbloquear o jogo e eventualmente, Di María e Messi foram substituídos a menos de 15 minutos do final.

 

A substituição de Messi, sem surpresas, provocou uma verdadeira onda de controvérsia nas redes sociais, com os adeptos do PSG e de Messi a ficarem perplexos com a decisão de Pochettino.

“O Poch comprometeu a sua carreira”, comentou um entusiasta de Messi. “Nunca vi Messi a ser substituído em toda a minha vida, a menos que esteja lesionado. Foi fácil perceber como ele ficou zangado quando saiu”.

No entanto, as substituições de Pochettino foram justificadas mais tarde, com o substituto Mauro Icardi a guiar uma cruzamento de Mbappé para manter os gigantes franceses a 100% no início da nova temporada, tendo marcado o 2-1 aos 90+3.

Ele pode não ter ficado contente por ter sido substituído, mas certamente que até Messi sorriu com o desfecho.