Mãe de 11 crianças com 23 anos de idade quer ter 100 filhos

 

Christina Ozturk, com 23 anos de idade, já tem 11 bebés.E até agora, parece que ela e o seu marido não têm planos de deixar de ter filhos em breve. Eles pretendem ter a “maior família do mundo”, tendo mais de 100 crianças.

O dono de hotéis milionário, Galip Ozturk, conheceu a mãe solteira, Christina, durante a sua viagem a Batumi, Georgia. Foi amor à primeira vista.

Galip, de 56 anos, disse o seguinte sobre a sua mulher:

“É muito fácil estar com ela, ela tem sempre um sorriso nos lábios e ao mesmo tempo é tímida e misteriosa. Ela é o tipo de mulher que eu sempre quis ter, um diamante bruto onde consegui ver o coração bondoso e puro que ela tinha.”

Eventualmente, Christina e a sua filha Vika decidiram mudar-se de Moscovo para Batumi com Galip, que já tem filhos adultos. O casal decidiu ter mais crianças com a ajuda de barrigas de aluguer. Desse modo, podem fazer crescer a sua família e manter a saúde e o físico de Christina.

De acordo com ela:

“Neste momento, tenho 10 filhos com a última adição, a Olivia, que chegou no fim do mês passado. Eu dei à luz a minha filha Vika há 6 anos atrás. Os resto das crianças são nossas geneticamente, minhas e do meu marido, mas foram carregadas por barrigas de aluguer.”

 

Numa publicação anterior nas redes sociais, o casal mencionou o seu desejo de ter 105 filhos. Christina, no entanto, foi rápida a assinalar que se tratava apenas de um número aleatório, mas estão certamente abertos à ideia de acolher mais.

“Eu não quantos é que serão eventualmente, mas certamente não tenciono parar nos 10”, disse. “Não estamos preparados para falar de um número final. Tudo a seu tempo.”

O plano inicial do casal era ter um bebé todos os anos mas a ideia de usar barrigas de aluguer abriu muitas possibilidades.

“A clínica em Batumi escolhe barrigas de aluguer e assume plena responsabilidade pelo processo”, partilhou Christina. “Não conhecemos pessoalmente as barrigas de aluguer e não temos contacto directo com elas, a fim de evitar problemas após a gravidez”.