Mãe partilha vídeo da filha “possuída” depois de ter sido minada numa discoteca

 

Uma mãe partilhou um vídeo assustador da sua filha que parecia verdadeiramente “possuída” depois de ter alegadamente bebido uma bebida minada numa discoteca.

Millie Taplin estava na discoteca Moo Moo em Southend, Essex, na sua primeira noite fora depois de fazer 18 anos, quando um homem com quem ela tinha estado a falar lhe ofereceu uma bebida, dizendo-lhe para ela a experimentar.

A jovem de 18 anos aceitou a bebida e bebeu, mas “não gostou porque era realmente forte”. Numa questão de minutos, Millie começou a sentir-se doente e disse que tinha sido “minada”.

Em conversa com o Mirror, a mãe de Millie Claire explicou: “Ela sabia que não se sentia bêbeda, ela sabia que algo não estava bem. Ela deixou de ver e até de conseguir andar”.

Millie disse ao site de notícias local Your Southend que “não conseguia ver bem” e “não conseguia sentir as mãos”, acrescentando: “Eu sabia que não estava bem, a certo ponto dei por mim a tentar falar e estava a gaguejar e a murmurar”.

 

Os amigos da adolescente contactaram a sua irmã mais velha, que a levou às urgências nas primeiras horas da manhã de sábado, dia 31 de julho.

A sua mãe chegou à 1h30 da manhã, com as filmagens partilhadas online a mostrar o que aconteceu.

Vê em baixo…

AVISO: CONTEÚDO POTENCIALMENTE CHOCANTE

Assustador. O vídeo mostra Millie incapaz de falar ou andar e com as mãos dobradas, a parecer garras. A mãe descreveu a cena como “absolutamente horrenda”, dizendo que Millie “parecia possuída”.

Os médicos acreditam que a Millie foi minada com duas drogas diferentes – “uma para a paralisar e outra para a colocar inconsciente”.

Millie permaneceu no estado de “possuída” durante cerca de três a quatro horas, disse a sua mãe, antes de ter alta do hospital mais tarde na mesma manhã. Diz-se que a adolescente permaneceu “completamente fora de si” durante o resto do dia, mas desde então recuperou.

Medo.