Michael Jordan abre segunda clínica para pessoas sem seguro de saúde

 

A lenda da Chicago Bulls, Michael Jordan, abriu a segunda clínica na sua terra natal Charlotte, na Carolina do Norte, para ajudar a comunidade durante a pandemia causada pelo COVID-19.

Há 3 anos, o ex-jogador de 57 anos fez uma contribuição de 7 milões para abrir uma outra clínica na Freedom Drive em Charlotte. O seu donativo cobriu a compra do terreno e a construção da clínica, dirigida pela Novant Health.

A clinica abriu finalmente em 2019 e Jordan descreve, emocionado, como se sentiu por “ter sido capaz de retribuir à comunidade que o apoiou ao longo dos anos”.

 

agora está a trabalhar com a Novant Health para abrir uma segunda clínica para tentar colmatar as lacunas na questão da igualdade na saúde, oferecendo ao mesmo tempo cuidados primários abrangentes.

A necessidade de abordar ambas as questões tornou-se evidente com o Covid-19. EM Abril a clínica passou a ser usado como u centro de avaliação respiratória, focando-se na necessidade de “rastreio, testes, tratamento e educação acessíveis Covid-19”.

A clínica realizou mais de 14,000 testes ao coronavírus e cerca de 12.600 consultas móveis de saúde, redirecionando aqueles que necessitavam de cuidados primários para outro local próximo.

“Estou muito orgulho do impacto positivo que a nossa clínica teve na comunidade até agora, especialmente durante do Covid-19. A nossa segunda clínica irá fornecer serviços para melhorar a saúde e a vida de mais pessoas em Charllote, que é muito importante para mim e para Novant Health.”

A nova clínica será aberta na Statesville Avenue no norte da cidade, e está planeado que tenha 12 consultórios, um sala de raio X e um espaço para fisioterapia, bem como um assistente social clínico a tempo inteiro no local.

Jordan acrescentou: “Temos lidado com situações muito complicadas em 2020. Espero que 2021 seja muito melhor.”