Mulher antimáscara é algemada depois de perguntar à polícia “O que é que vão fazer, prender-me?”

 

Uma mulher que se recusou a usar máscara enquanto estava no banco acabou por ser algemada. Terry Lynn Wright, de 65 anos, insistiu que tem o direito de não usar máscara, apesar de um agente da polícia lhe ter dito que ou usava uma ou tinha que sair.

De acordo com o que foi reportado, o incidente ocorreu no Bank of America em Galveston, Texas. Wright foi ao banco fazer um levantamento, mas desrespeitou a política de máscaras. Os funcionários pediram-lhe que seguisse as regras, mas quando recusou repetidamente, a direção entrou em contacto com os agentes locais responsáveis por fazer cumprir a lei. A câmara corporal do agente da polícia mostra-nos o que aconteceu depois.

“A lei diz que eu não tenho que usar máscara”, disse Wright.

O agente explicou que as empresas têm o direito de recusar clientes que não usem máscaras dentro das suas instalações.

No vídeo, é possível ouvir o polícia dizer: “Minha senhora, ouça, podemos fazer isto da forma fácil ou da forma difícil”. Wright respondeu: “O que é que vai fazer? Prender-me? Isso é hilariante”.

 

“Está a falar a sério?”, perguntou Wright, à qual o polícia respondeu “Parece que estou a brincar?”

O agente da polícia decidiu tomar medidas e algemou a mulher, deitando-a ao chão no processo. Ela acusou o agente de “brutalidade policial”, mas os outros clientes do banco disseram apenas “não, não é”.

Vê por ti mesmo: