Mulher cansou-se de ser infiel e conseguiu meter o seu marido e o seu amante a viver juntos

 

A honestidade acaba sempre por ser a melhor opção no que a relacionamentos diz respeito e a prova disto veio de uma mulher brasileira que se cansou de levar uma vida dupla e disse ao seu marido que tinha um amante, mas que os amava a ambos e por isso queria que vivessem juntos e felizes… todos.

Com isto, ela sugeriu que vivessem os três juntos e a verdade é que o marido aceitou muito bem a proposta de relação poliamorosa que a sua mulher lhe propôs. Desde então, a mulher e os seus dois companheiros têm partilhado a casa, as tarefas e o amor.

Andreza é a mulher que conseguiu a proeza de juntar os seus dois amores debaixo do mesmo tecto no Piauí, Brasil. Ela casou com Miranda, o primeiro homem na sua vida, mas depois conheceu Reginaldo, por quem também se apaixonou e por quem teve uma relação secreta. No entanto, Andreza cansou-se de ter de esconder o facto de que amava dois homens. Chegou então a um ponto em que se perguntou: “o que devo fazer se amo duas pessoas?” e chegou à conclusão de que não podia escolher entre elas, pelo que propôs que vivessem em harmonia.

 

Ambos os homens dizem que a parte mais difícil foram os primeiros dias de convivência, mas depois de terem passado algum tempo juntos e bebido algumas cervejas, tornaram-se amigos íntimos. Ambos trabalham e, como resultado, a economia da família melhorou. Miranda apanha caranguejos, enquanto que Reginaldo é um funcionário público e juntos, apoiam a sua nova família.

Da parte deles, os dois homens dizem que a amam muito.

O que dizer?