Mulher detida por ter isolado o filho positivo à COVID-19 na mala do carro

 

Uma mãe oriunda de Houston foi acusada após alegadamente ter colocado o seu filho de 13 anos no porta-bagagens do carro numa tentativa de o isolar após o teste positivo à COVID-19, tendo-o levado depois para um drive-thru de testes.

Numa declaração relatada pela KPRC, uma filial da NBC, o distrito escolar de Chipre-Fairbanks disse que a polícia foi “alertada de que uma criança estava no porta-bagagens de um carro num drive-thru de testes à COVID-19 no início desta semana”.

 

Tudo isto despoletou uma investigação que acabou por levar à detenção de Sarah Beam, de 41 anos de idade. “Felizmente, a criança não foi prejudicada”, explicaram as autoridades.

Consta-se que o rapaz foi encontrado na segunda-feira num drive-thru de testes a noroeste de Houston.

De acordo com um documento do tribunal, a directora dos serviços de saúde do distrito, Bevin Gordon, estava a recolher informações de veículos em fila para testes quando descobriu o rapaz de 13 anos no porta-bagagens de um carro. Assim que se deparou com tal cenário, chamou a polícia.

A polícia não revelou se Sarah e seu filho não identificado estavam vacinados ou não.

O que dizer?