Mulher faz cerca de 2 milhões de euros no OnlyFans depois do seu namorado ter sugerido que ela criasse uma conta

 

Uma mulher conseguiu ganhar 2,1 milhões de euros só com o OnlyFans, sendo que foi encorajada por ninguém menos do que o seu próprio namorado a fazê-lo.

Mia Karina, de 20 anos de idade, juntou-se ao OnlyFans no final de 2019 depois de perceber quanto dinheiro ganhavam outras pessoas através do serviço de subscrição de conteúdos.

Originária do Chile, Mia mudou-se para Malta para trabalhar num hotel, onde ganhava cerca de 1.500 euros por mês.

Foi lá que ela conheceu o seu parceiro, Marc Howard, 24 anos, que acabou por sugerir o OnlyFans como uma nova rota de carreira num país onde o estilo de vida é mais caro.

Mia, que reside atualmente em Somerset, Inglaterra, com Marc, disse ao LADbible: “Marc voltou de férias para ver os seus amigos no Reino Unido. O seu amigo Jake sugeriu-lhe primeiro a ideia, dizendo que a sua prima estava a ganhar cerca de 1.800 euros por mês de OnlyFans. E isto foi em finais de 2019”.

“No início, fiquei curiosa quando o Marc me falou da ideia, mas era demasiado tímida para o fazer. À medida que as semanas iam passando, ia ficando cada vez mais na minha cabeça. A vida não é barata em Malta e nós precisávamos do dinheiro.

“Quando comecei, não incluí sequer a minha cara. Contudo, após a publicidade no Instagram, ganhei os meus primeiros 50 fãs, e o dinheiro começou a entrar. Nesse primeiro mês, ganhei cerca de 2.100 euros”.

Ela continuou: “Durante os primeiros meses, o dinheiro permaneceu cerca de 2.500-3.500 euros por mês. Fui então convidada nos meios de comunicação social para me juntar a um grupo de redes com outros modelos Onlyfans, e foi aí que realmente explodiu. Os meus ganhos aumentaram para perto de 10 mil euros por mês e continuaram a subir”.

“Agora ganho em média cerca de 270 mil euros por mês. Assim, no total, ganhei pouco mais de 2,1 milhões de euros”, frisou.

 

Mia diz que o melhor de estar no OnlyFans é “ser a patroa de si própria”, e ter a liberdade de trabalhar de qualquer parte do mundo enquanto “escolhe o seu próprio horário”.

Marc, entretanto, admitiu ter inicialmente ficado “preocupado com o que as pessoas iam pensar”, mas afirma que esta mudança tornou a sua relação ainda mais forte – e até promove a página OnlyFans da namorada nas suas próprias redes sociais.

Marc, que agora trabalha a tempo inteiro para ajudar a Mia com o OnlyFans, disse: “No início preocupava-me com o que as pessoas iriam pensar, e não queria ser visto como o mau da fita em tudo isto”.

“Sugeri a ideia à Mia depois do meu amigo Jake me ter falado dela, mas a decisão de criar a página foi inteiramente dela. O que eu quero que as pessoas saibam é o quanto ela trabalha arduamente por este dinheiro. Durante o ano passado, ela tem feito 12-15 horas por dia para gerir a página e manter os fãs a chegar. A sua ética de trabalho está acima e além de tudo o que eu alguma vez tinha visto numa pessoa antes”.

“A minha família/amigos conhecem-na e respeitam-na. Alguns dos meus amigos expressaram inicialmente preocupações, mas isto é natural”, completou.

Deve ser uma mudança de carreira realmente difícil em vários sentidos…

O que dizer?