Mulher vegetariana come um hambúrguer e decide tornar-se talhante

 

Tammi Jonas, de 49 anos, já era vegetariana há 10 anos. No entanto, olhando para ela hoje, qualquer um ficaria surpreendido com a carreira que escolheu. Juntamente com o seu marido, é dona de uma quinta de porcos selvagens.

A transição drástica da sua dieta aconteceu quando não conseguiu resistir mais à tentação e decidiu comer um hambúrguer. Na altura estava grávida e gravemente anémica. Achou que um hambúrguer iria definitivamente “curá-la”.

De acordo com o que disse, Tammi decidiu ser vegetariana depois de descobrir como os animais de quinta eram tratados.

Depois de uma década sem comer carne, a sua primeira dentada fez com que voltasse aos seus hábitos antigos. Comeu carne vermelha todas as semanas durante a sua gravidez e passados alguns anos comeu porco e aves.

Sempre foi contra a crueldade com animais – como prendê-los num espaço apertados e não os deixar apanhar ar. Sem ser por causa disso, Tammi não pensa que haja algo de errado em matá-los para os consumir.

 

Depois de aprenderem que é possível gerir um negócio de animais de quinta sem os maltratar, Tammi e Stuart agarraram-se cada vez mais a essa ideia.

Agora, criam e tratam de toda a ‘sua’ carne para os seus clientes, e deixam claro que não usam substâncias químicas perigosas para os animais.

Como disse num entrevista para o Daily Mail, não acha que “matar um animal para consumo seja imoral” desde que “o animal tenha tido uma boa vida”.