Jovens lançam fogo de artifício contra um Hospital Veterinário com cães e gatos aterrorizados lá dentro

 

Num vídeo recente do Finsbury Park em Londres, um grupo de jovens é visto a usar fogo de artifício para atingir um carro da polícia e, por consequência, o RSPCA Harmsworth Animal Hospital. Um mulher comentou no vídeo: “É como uma zona de guerra.”

O staff foi obrigado a levar os animais aterrorizados para outra área do hospital enquanto o fogo de artificio continuava a fazer barulho no exterior.

Vê por ti mesmo:

Um porta-voz do RSPCA disse: “Tivemos um incidente terrível em que lançaram fogo de artifício a um carro da polícia mesmo à porta do hospital.”

“Os nossos trabalhadores dedicados do Harmsworth Animal Hospital estão a dar o seu melhor para tomar conta dos animais durante esta altura desafiante de pandemia e deviam poder fazê-lo sem ter que temer pela sua segurança e pela dos animais. Tem sido lançado fogo de artifício nesta área durante a semana toda, assustando os animais que estão no hospital. O staff também reportou que existiam faíscas visíveis nos ramos das árvores perto do hospital.”

 

O porta-voz condenou o comportamento, considerando-o “antissocial, perigoso e obviamente inaceitável”.

Partilharam também a sua preocupação com o fogo de artifício no contexto da pandemia – com menos exibições organizadas, o público tem recorrido à compra do seu próprio fogo.

Disseram: “Temos medo que isto resulte em vários lançamentos nas próximas semanas, fazendo muito barulho e causando stress prolongado aos animais. O fogo de artifício é extremamente stressante e assustador para muitos animais. Para alem disso pode causar lesões muito sérias e até a morte.”

A RSPCA estima que cerca de 62% dos cães mostram sinais de aflição durante os fogos de artifício, bem como 54% dos gatos e 55% dos cavalos. A British Horse Society também reportou 20 mortes, 10 lesões graves e 88 lesões moderadas causadas por fogo de artifício desde 2010.

No últimos anos, a a instituição de caridade para animais também recebeu mais de 1.500 chamadas relativas a fogos de artifício e à forma como estes afetam os animais.