Novidades bombásticas para os fãs de Squid Game

 

Squid Game chocou o mundo com os níveis de violência que se manifestaram ao longo da série, mas de acordo com o seu criador, nós ainda não vimos nada.

Hwang Dong-hyuk esteve por detrás das cenas sangrentas que fizeram do Squid Game uma das séries mais populares de sempre da Netflix, no entanto, de acordo com o cineasta, aquilo que nós vimos na série foi apenas um aquecimento para o que ele tem planeado para a sua próxima produção.

Para além de uma segunda temporada de Squid Game em preparação, Hwang está a trabalhar numa adaptação do Killing Old People Club – um livro escrito pelo historiador medieval italiano Umberto Eco – e promete que o filme vai ser “mais violento do que Squid Game”.

 

Descrevendo os seus planos para o filme como “controversos”, Hwang disse à Variety que escreveu 25 páginas para promover o filme, que provisoriamente se intitula “KO Club”, presumivelmente para o tornar um pouco mais apetitoso aos olhos dos produtores.

Esta notícia provavelmente não será uma grande surpresa para os fãs do cinema coreano. Alguns dos filmes mais icónicos do país, como Oldboy, Train to Busan e até Parasite, não se afastaram propriamente das cenas sangrentas ou do factor de choque.

Ironicamente, Hwang explicou que tinha estado a trabalhar em Squid Game durante dez anos antes de eventualmente encontrar um público para ele, revelando que era “demasiado violento” para lançar às redes coreanas tradicionais, pois “os investidores teriam ficado muito preocupados”.

Expectantes?