“O meu pai meteu-me o nome da sua amante para ter uma desculpa caso chamasse o nome dela sem querer”

 

Uma mulher americana que se tornou viral recentemente no TikTok detalhou a história incomum da origem do seu nome, Kristina. Não foi um familiar ou uma celebridade que inspirou os seus pais, mas sim mulher com quem o seu pai estava a ter um affair — e sua mãe não fazia ideia.

Num vídeo partilhado na plataforma TikTok, a jovem, cujo nome de utilizador é @keepingitkristina, explicou:

“Eu sinto que a maioria das pessoas que têm o nome de alguém tem uma história querida por detrás ou tem o nome de alguém realmente especial… Mas não é o meu caso”.

De acordo com o seu relato, o casal fez um acordo quando a mãe de Kristina estava grávida: se ela fosse um menino, a sua mãe poderia chamá-la em homenagem ao pai, mas se fosse uma menina, o seu pai poderia escolher o nome – qualquer nome.

 

Kristina explicou que ela nasceu de cesariana, o que significava que a sua mãe ainda estava acamada após o nascimento. Então o seu pai ficou com total responsabilidade de preencher a certidão de nascimento.

A mãe dela só soube do nome da filha depois do marido ter acabado de preencher a papelada, mas ela não tinha ideia do que estava por trás da escolha.

“Ela (a mãe dela) simplesmente aceitou. E estava a correr tudo bem por alguns meses até que minha mãe descobriu que o meu pai a estava a trair. E qual era o nome da mulher? Kristina”, disse ela.

“A ideia era que, se ele a chamasse pelo nome errado, ele poderia dizer que se tinha confundido com o meu nome”, finalizou a jovem.

Surreal.