O recorde da flexão com dois dedos de Bruce Lee ainda não foi batido

 

Bruce Lee é conhecido em todo o mundo pela sua combinação mortífera de artes marciais com o mundo deHollywood. E como este vídeo abaixo da estrela que faz flexões recorrendo apenas dois dedos mostra, ele nunca teve medo de mostrar o seu talento.

Se não viste, pasma-te…

Desde que demonstrou publicamenteestas flexões em 1964, muitas outras inspiradas pela lenda das artes marciais tentaram imitar a sua proeza.

Mas, por muito grande que sejas um fã de Bruce, a flexão de dois dedos não é recomendada se estiveres apenas a começar.

Acredita-se que Bruce foi capaz de fazer 1.500 flexões sem vergar em duas mãos, 400 flexões com uma mão e 200 com dois dedos. Ele foi mesmo capturado em víddeo a fazer o treino com um polegar.

Ele tinha experiência em várias formas de artes marciais, incluindo Wing Chun, tai chi, luta de rua e boxe, antes de começar a ensinar na América.

Foi durante este tempo que assumiu papéis em filmes como The Big Boss, Fist of Fury, The Way of the Dragon, Enter the Dragon e Game of Death.

 

Depois de subir a alturas vertiginosas na cultura popular, continuou a criar a sua própria filosofia pessoal de artes marciais chamada Jeet Kune Do, que combinava influências do tai chi, wing chun, lutas de rua e boxe.

Para além de flexões de dois dedos, Lee era também famoso pelo seu murro de um centímetro, que também demonstrou em público pela primeira vez em 1964 no Campeonato Internacional de Karate de Long Beach.

Essencialmente, Lee ficava com o punho cerrado a apenas um centímetro do peito do seu adversário, antes de dar um golpe poderoso.

Há mesmo relatos de que Lee uma vez conseguiu mandar um lutador a voar 16 pés (5 metros) para trás com esse murro, 200 vezes a distância que o seu punho tinha percorrido.

Apesar de até hoje ninguém ter conseguido mais flexões de dois dedos numa sessão do que ele, outros também demonstraram feitos igualmente impressionantes.

A 9 de janeiro deste ano, Wael Abdelnasser Mohamed, do Egipto, estabeleceu o Recorde Mundial do Guinness para as flexões de dois dedos em um minuto, atingindo um recorde de 58 em 60 segundos. Na altura, tinha apenas 18 anos.

Entretanto, Paul Lynch, do Reino Unido, detém o Recorde Mundial do Guinness para flexões de um dedo consecutivas, conseguido umas impressionantes 124 no Hipódromo de Leicester Square, em Londres, em abril de 1992.

O recorde para as flexões mais dolorosas com palmas em uma hora é de Jarrad Young da Austrália, que fez 1.164 flexões com palmas em novembro de 2018.