Os homens devem “esgaçar o pessegueiro” pelo menos 21 vezes por mês, de acordo com a ciência

 

Um dos argumentos mais convincentes contra a existência de Deus é o facto de existirem imensas coisas divertidas que supostamente são más para ti, e de existirem tantas coisas aborrecidas que supostamente são boas para ti.

Que tipo de criador faria com que o álcool, o tabaco e o cheesecake fossem maus para ti, mas que ir dormir cedo, o jogging e o aipo sejam bons para ti?

Mas nada temas: não abandones já a tua fé, porque parece que “esgaçar o pessegueiro” regularmente é mesmo importante para a tua saúde…

Os investigadores da Universidade de Harvard descobriram que os homens que “esgaçam o pessegueiro” pelo menos 21 vezes por mês podem ver as suas hipóteses de contrair cancro da próstata reduzidas em um terço.

 

O estudo – que foi publicado na European Urology em 2016 – envolveu 31.925 homens, que preencheram três questionários sobre a frequência da “esgaçadela” entre 1992 e 2010.

Os resultados indicaram uma redução estatisticamente significativa nas taxas de cancro da próstata entre os homens que “esgaçam o pessegueiro” frequentemente.

O estudo afirmou: “Avaliámos se a frequência de “esgaçamento do pessegueiro” ao longo da idade adulta está relacionada com o risco de cancro da próstata num grande estudo realizado nos EUA”.

“Verificámos que os homens que relataram uma maior frequência de “esgaçamento” na idade adulta tinham menos probabilidades de serem subsequentemente diagnosticados com cancro da próstata. Estas descobertas fornecem provas adicionais de um papel benéfico da “sarapitola” mais frequente ao longo da vida adulta na etiologia da PCa [cancro da próstata], particularmente para doenças de baixo risco”.

Aí têm – ordens do médico…