Os homens têm mais tendência a perdoar uma traição do que as mulheres

 

Os homens são mais propensos do que as mulheres a perdoar uma traição, de acordo com um estudo estatístico realizado recentemente.

Dados recolhidos da plataforma Ashley Madison, o infame site de encontros para “affairs e encontros discretos”, mostram que as mulheres têm menos probabilidades de virar a outra face em relação a incidentes de infidelidade.

Os resultados emergiram de um estudo global realizado a 3 mil membros do site de encontros para pessoas casadas.

O site revelou que 85% dos membros femininos tinham sido perdoados em relação a um caso anterior, enquanto o mesmo só podia ser dito em relação a 80% dos homens. Mas há mais…

Quando perguntados se perdoariam a um parceiro por ter “jogado fora de casa”, 86% dos homens disseram que o fariam, enquanto apenas 82% das mulheres retribuíam.

Discutindo os curiosos resultados, a psicoterapeuta Lucy Beresford disse que se tratava da percepção das relações entre os sexos.

 

Ela disse: “Quando confrontados com a ideia de enganar, os homens concentram-se no que aconteceu fisicamente. As mulheres, por outro lado, estão mais interessadas no impacto emocional”.

“O facto de os homens parecerem ser mais indulgentes pode também ser porque os homens e as mulheres tendem a processar as suas respostas à infidelidade de forma diferente”, disse.

“Os homens estão muito mais interessados em saber sobre os aspectos físicos de um caso e têm dificuldade em perdoar quando o sexo está realmente envolvido. Já as mulheres, elas são muito mais afectadas quando acreditam ter havido uma ligação emocional ao caso e são muito menos susceptíveis de perdoar a infidelidade emocional numa relação deste tipo, enquanto que os homens são muito menos susceptíveis de perdoar a infidelidade física”, concluiu.

O site descobriu que a maioria das pessoas que “pulam a cerca” têm dois encontros ilícitos por mês. No entanto, cerca de 20% das pessoas que têm um caso dizem que não têm realmente relações sexuais com o seu parceiro secreto.