Ouriço-cacheiro encontrado com uma argola de plástico à volta do pescoço

 

Um pequeno ouriço-cacheiro foi encontrado com uma argola de plástico incrustada no pescoço, ilustrando claramente os efeitos nefastos da poluição.

O pequeno animal, que se acredita que tinha apenas 6 semanas de vidas, foi encontrado na cidade de Bedlington em Northumberland, Inglaterra depois da Blyth Wildlife Rescue ter recebido uma chamada no dia 18 de outubro.

Era claro que a argola já estava à volta do seu pescoço há algum tempo, com as feridas a aumentar à medida que a pobre criatura crescia.

A equipa de resgate começou por remover o plástico, medicar o ouriço e limpar a sua ferida enquanto “removia larvas e ovos de mosca, sujidade e detritos”.

 

De acordo com a declaração do Blyth Wildlife Rescue:
“As lesões dos animais serem causadas pelo descuido humano é muito comuns e nós vemo-las com frequência. Desde feridas de estrangulamento, entrelaçamentos, anzóis na garganta de cisnes e gaivotas, linhas de pesca e ferimentos relacionados com redes, temos visto tudo e muito mais. Se tudo correr bem chegámos a este pequeno ouriço a tempo mas para muitos outros esse não foi o caso. Apanhe o seu lixo. Reduza o seu desperdício. Cuide da nossa vida selvagem. Olhe pela nossa casa. Não há plano B.”

Os post foi acompanhado por fotografias do ouriço-cacheiro que incluíam imagens gráficas das suas feridas. Apesar do centro de resgato ter consciência de que as imagens eram perturbadoras, explicou: “Isto é a realidade”, e a verdade é que as imagens impressionaram muitas pessoas.

Mais de 70 pessoas fizeram doações à Blyth Wildlife Rescue graças à publicação, e muitas expressaram o seu desejo de que o ouriço melhorasse e vivesse uma vida “longa e feliz”.