Pai com coronavírus luta pela vida no hospital depois do seu filho ter ido sair com amigos sem máscara

 

Nos últimos meses, as nossas vidas mudaram drasticamente por causa da pandemia. No entanto, nas últimas semanas começámos a ser lentamente reintroduzidos à normalidade, com as lojas a abrirem novamente.

Ainda assim, continua a ser necessário tomar todas as precauções necessárias.

Isto é extremamente importante porque é prioritário impedir que o vírus se espalhe. Na verdade, estas precauções estão a ser tornadas obrigatórias em muitos sítios, incluindo nos Estados Unidos.

Em alguns estados, já se tornou obrigatório usar máscara em determinados locais, como por exemplo nos supermercados e transportes públicos.

No entanto, há muitas pessoas nos Estados Unidos a questionar a eficiência das máscara.

E para uma família em específico, já se provou a eficiência das mesmas da pior maneira, depois do filho ter cometido o erro de tirar a sua máscara e ter deixado o pai no hospital como consequência.

John Place está a lutar pela vida depois do seu filho ter ignorado o seu conselho de não ir ter com os amigos.

 

O seu filho de 21 anos encontrou-se com os amigos enquanto usava máscara, mas a determinada altura decidiu tirá-la e voltou para casa com o vírus.

Quando voltou, infetou a sua família inteira e o seu pai foi o mais afetado de todos.

O homem de 42 anos, de Plantation, Florida, teve de ser levado para os cuidados intensivos no Westside Regional Medical Center onde passou 2 semanas ligado a um ventilador.

Michelle Zymet, mulher de Place e madrasta do jovem disse que pediu ao enteado que ficasse em casa mas que ele prometeu que teria todos os cuidados necessários.

Depois de ter o vírus durante 3 semanas, Zymet e os seus 3 filhos já se estão a sentir melhor mas o seu marido continua com dificuldades em melhorar.

Zymet disse: “Ele está a lutar pela sua vida a cada minuto que passa no hospital. Testámos todos positivo para o COVID-19. Nenhum de nós pode sair de casa. Não posso ver o meu marido. É difícil e assustador que ele esteja lá sozinho.”

Michelle está a tentar consciencializar outros para terem cuidado e para aprenderem através dos seus erros, deixando claro que “ninguém é invencível”.

“Isto não é uma brincadeira. Isto é uma doença devastadora e letal que está a afetar milhões de pessoas à volta do mundo. É preciso compreender quais são as precauções necessárias. Usem máscara. Pelo menos usem a vossa máscara e tentem lavar as mãos tão frequentemente quanto possível.”