Pai de 151 filhos diz que o seu trabalho é satisfazer as suas 16 mulheres

Um homem que tem nada mais, nada menos do que 151 filhos afirma não trabalhar porque o seu trabalho a tempo inteiro consiste em satisfazer as suas 16 esposas.

 

Misheck Nyandoro, de 66 anos de idade, diz que dorme com quatro das suas mulheres todas as noites e até se está a preparar para casar com a sua 17ª. noiva.

O veterano de guerra reformado do Zimbabué gabou-se do seu projeto de poligamia que começou há 38 anos, tendo dito ao jornal local The Herald:

“O que estou a fazer aqui é completar o meu projeto. Um projeto de poligamia que comecei em 1983 e que não tenciono parar até que a morte me leve embora”.

Se ele conseguir, o homem diz que tenciona casar com 100 mulheres e ter 1000 filhos. Para o ajudar a organizar o seu trabalho a tempo inteiro, Nyandoro concebeu um horário para a sua complexa vida.

Ele explicou:

“Eu sou forte e sinto-me tão forte como quando tinha 18 anos. Dou direitos conjugais a uma média de quatro esposas por noite, sendo que vou para os quartos visados um a um. Esse é o meu trabalho. Não tenho outro trabalho. Altero o meu comportamento no quarto para me adequar à idade de cada uma das minhas esposas. Não ajo da mesma forma com as mais jovens que ajo com as mais velhas Os meus filhos mimam-me. Estou constantemente a receber presentes e dinheiro deles e dos meus enteados”.

O polígamo afirma que todas as suas esposas são extremamente felizes, mas planeia casar com mais mulheres mais jovens, uma vez que as suas esposas mais velhas se queixam de ele exigir demasiado sexo.

Ele disse:

“Cada uma das minhas esposas cozinha para mim diariamente, mas a regra é que só como comida boa, tudo o que sinto que está abaixo do padrão é deitado fora. Elas conhecem as regras. Prometeram não ficar zangadas quando eu lhes mandar a comida de volta. Qualquer coisa enviada de volta deve ser uma lição que as ajuda a melhorar”.

Parece outro mundo…