Pais criticam professora porque o seu corpo “distrai” os alunos

 

Embora o seu perfil no Instagram tenha sido preenchido com críticas e maus comentários, os seguidores desta professora estão a defendê-la ao dizer que ela está a ser alvo de discriminação e encorajam-na a continuar a educar as crianças independentemente da sua aparência.

Quando se trata da educação de menores, há alguns acordos que precisam de ser delicados e cuidadosos. O mais pequeno mal-entendido pode afectar os professores, bem como as crianças e as suas famílias.

Neste contexto, uma escola em New Jersey, nos Estados Unidos, viveu recentemente uma controvérsia. Uma professora está a ser criticada pelos pais da escola porque, segundo eles, o seu corpo “distrai demasiado” as crianças na sala de aula.

De acordo com as informações do MTO News, as queixas dos pais vieram depois de saberem do seu perfil de Instagram, onde ela conta com mais de 500.000 seguidores.

 

No seu Instagram, a professora publicou algumas fotografias onde aparece a a dar aulas aos seus alunos. No entanto, o seu corpo e a forma como se veste não tem sido bem aceite pelos pais, que acreditam que é “inapropriado” que um professor tenha uma aparência assim em ambiente de sala de aula.

Curiosamente, as roupas que ela veste na sala de aula são sempre mais cobertas do que as que usa noutros contextos, pelo que a professora nem levou em conta as críticas dos pais.

A controvérsia aumentou tanto que os pais já estão a pensar em fazer uma queixa formal à escola para que a professora seja demitida.

Os pais argumentam que estão “preocupados” que o corpo e a maneira de vestir da professora possa constituir um “mau exemplo” para os alunos.

O que dizer?