Pescador apanha lagostas super raras

 

Um pescador na Cornwall conseguiu apanhar uma lagosta azul incrivelmente rara, antes de atirá-la de volta ao mar.

Tom Lambourn, de 25 anos, estava a pescar na costa de Penzance quando apanhou o crustáceo ultra-raro “um em dois milhões” na sua rede.

Mas depois de tirar algumas fotografias, atirou a lagosta de volta ao mar por ser “demasiado pequena para ser trazida para terra”.

Tom, de Newlyn, disse: “Em cada vaso nunca se sabe o que vai estar lá dentro, e eu certamente nunca vi uma com esta cor antes.”

“Esta é apenas a minha segunda época de pesca, por isso acho que tive muita sorte.”

“Medi-a e ainda era pequena, por isso nunca a iria trazer.”

“Se fosse maior, levava-a para a Incubadora Nacional.”

“Enviei-lhes algumas fotos da lagosta e disseram-me que era uma em dois milhões, o que é bastante especial.”

A sua brilhante tonalidade azul foi até uma surpresa para o pessoal da Incubadora Nacional da Lagosta em Padstow, em Cornwall.

 

Um porta-voz disse: “É uma cor bastante rara de se encontrar, cerca de uma em cada dois milhões, por isso ficámos espantados quando o Tom nos enviou a fotografia.”

“A lagosta era demasiado pequena para ser trazida para terra, pelo que foi devolvida ao mar para poder continuar a crescer.”

“Quem diria que um crustáceo podia ser tão chamativo?”

Ben Marshall, supervisor na Incubadora Nacional de Lagostas, acrescentou: “É muito, muito raro e muito interessante ver uma lagosta azul.”

“O pescador atirou-a de volta uma vez que estava abaixo do comprimento que é permitido apanhar lagostas em Cornwall.”

“As lagostas azuis têm uma pigmentação de cor diferente, o que significa que têm muito mais dificuldade em camuflar-se, pelo que são vítimas de presas mais facilmente, reduzindo o seu número.”

As lagostas azuis têm esta cor invulgar devido a um defeito genético que os leva a produzir níveis excessivos de uma proteína que se combina com uma outra molécula, o que cria um complexo azul conhecido.

Em Julho do ano passado, o restaurante americano de marisco Red Lobster salvou a vida de uma lagosta azul depois de o pessoal a ter encontrado no meio da sua entrega do marisco.

Um empregado do restaurante Red Lobster em Cuyahoga Falls, Ohio, notou na cor invulgar – e neste caso ligeiramente irónica – da lagosta quando descarregavam uma entrega e contactaram o Aquário de Monterey Bay.

A lagosta, agora chama-se Clawed e reside no Jardim Zoológico de Akron.