Pessoas denunciam uma “festa COVID-19” às 4 da manhã: a polícia entrou e encontrou um gato DJ

 

Os barulhos noturnos dos gatos são simultaneamente reconhecíveis e assustadores. Desde o clássico miar até à gritaria quando estão com o cio e passando por aqueles momentos em que estão à bulha com outro gato, enfim, é o caos. Por esta razão, nunca esperamos que os gatos sejam capazes de produzir sons realmente harmoniosos.

A verdade é que na província espanhola de Lugo, no bairro de La Ronda das Fontiñas, um gato com patas muito ágeis decidiu encantar todos os vizinhos do seu edifício com um concerto de música eletrónica às 4 horas da madrugada e manteve-os acordados à noite. Isto prova que, apesar dos seus ternos talentos musicais, um gato nunca deixa os humanos em paz.

Tudo veio ao de cima quando os vizinhos chamaram a polícia para denunciar uma “festa COVID-19” que os mantinha acordados e colocava o edifício em risco de contágio.

Contudo, quando as autoridades chegaram ao local e entraram no apartamento de onde vinha a música, não encontraram ninguém, apenas um gato e o sistema de som a bombar no máximo.

 

A polícia notificou o proprietário do apartamento, que voltou imediatamente para responder ao apelo da lei e dos vizinhos. O homem explicou que a possível causa do incómodo se devia ao seu gato, pois este costumava ligar a aparelhagem com a pata para relaxar e depois rodava o botão de volume ao máximo.

A sua versão dos acontecimentos foi recebida com ceticismo pelos vizinhos, mas as autoridades apenas repreenderam o proprietário e pediram-lhe para que ele não deixasse a aparelhagem ligada quando saísse de casa.

O gato, cujo nome permaneceu anónimo por razões de segurança, ficou indiferente às acusações e desafiou as autoridades, tendo rodado o botão do volume mesmo na sua presença.

Um gato DJ… o que é que se passa em 2021?