Polícia é morto por galo lutador ao tentar parar uma luta ilegal

Um polícia oriundo das Filipinas foi morto por um galo lutador depois de uma operação em que tentava parar uma luta ilegal entre galos. Consta-se que a ave acertou numa artéria da perna do polícia, o que provocou uma grande hemorragia e fez com que o homem não conseguisse resistir.

 

O incidente ocorreu no dia 26 de outubro na região de Samar Norte, quando o agente Christine Bolok foi chamado a intervir depois da descoberta de uma arena que era alco de lutas ilegais entre galos. Consta-se que um dos galos estava armado com uma lâmina e com a mesma, conseguiu acertar na artéria femoral de Bolok enquanto o homem tentava segurar nele.

O homem começou a sangrar de forma incontrolável e acabou por não resistir, tendo falecido assim que entrou no hospital.

Um superior do polícia fez um comunicado a lamentar o sucedido e a dar as condolências à família e amigos próximos, tendo dito que “foi a primeira vez em vinte e cinco anos de serviço que um colega se perdeu devido a uma luta entre galos”.

Aquando do evento em questão, três pessoas foram presas e sete galos foram confiscados. Nas Filipinas, as lutas entre galos são muito populares, envolvendo apostas relativamente ao desfecho das mesmas. A verdade é que a ideia de existirem galos armados com lâminas é assustadora.

Que situação.