Polícias partem vidro de carro para salvar “bebé abandonado”… que afinal era um boneco

Uma cena aparentemente dramática transformou-se num verdadeiro cenário de embaraço depois de agentes da autoridade terem partido a janela do carro de uma mulher para salvar um bebé abandonado… apenas para descobrir que se tratava realmente de um boneco.

 

Os agentes da Polícia de Cleveland no Reino Unido foram chamados ao local depois de terem sido informados de que um bebé tinha sido deixado sozinho dentro de um veículo.

No entanto, acontece que o “bebé” neste caso era na realidade uma boneca extremamente realista pertencente a Darci, filha de Amy McQuillen, que tinha sido presenteada com o boneco no Natal.

Amy, de 36 anos de idade, explicou que tinha ido às compras com Darci, de 10 anos, e que deixou o boneco no carro porque a sua filha estava farta de segurar nele.

Quando regressaram ao carro, ficaram chocadas ao ver dois polícias a partir-lhe a janela, juntamente com uma multidão a ver o desenrolar da cena.

Os agentes da autoridade disseram que estavam a investigar uma denúncia de negligência infantil, ao que Amy disse: “Tenho a minha filha comigo”.

Falando com o Sun, Amy disse: “Disseram-me que um recém-nascido tinha sido deixado no carro e eu disse: ‘É um boneco!’. Não pude acreditar. Sei que os bonecos são realistas, mas não pensei que algo do género alguma vez acontecesse”.

A assistente de saúde oriunda de Thornaby disse que tinham ido a Asda para que a sua filha pudesse comprar roupa e fraldas para o presente de Natal que havia recebido. O que ela não tinha percebido é que Darci tinha colocado a boneca na cadeirinha, tendo até colocado o cinto à sua volta.

“Os polícias explicaram mais tarde que alguém os tinha chamado alegadamente porque tinham visto o bebé a mexer-se”, disse. “Ainda assim, compreendo que a polícia tem de agir quando recebe uma chamada como esta – como mãe, ficaria zangada se não o fizessem”.

Consta-se que no final, a polícia pediu desculpa pelo sucedido e vão pagar o valor do arranjo do vidro do carro.