Rapaz apanhou COVID depois de ter ido sair para uma discoteca e ter beijado 7 homens nessa noite

 

Um homem que apanhou o Covid-19 depois de “beijar sete tipos” numa discoteca no “Dia da Liberdade” disse que não se arrependia.

Jack Jackson foi um das centenas de pessoas que foram à Heaven Nightclub em Londres para a sua grande reabertura à meia-noite de segunda-feira, 19 de Julho, quando as discotecas foram finalmente autorizadas a reabrir enquanto a Inglaterra dava o último passo no seu roteiro fora do confinamento.

Jack chorou lágrimas de alegria quando os confetis e balões foram disparados do teto, e o jovem de 25 anos de idade teve a “melhor noite de sempre” – beijou sete tipos diferentes.

No entanto, posteriormente testou positivo para o Covid-19, com as suas celebrações aparentemente a um preço.

Dito isto, Jack não se arrependeu de ter ido ao clube.

Num vídeo partilhado no TikTok, ele disse: “Portanto, sim, obviamente fui para o Céu no domingo e apanhou a m**** do Covid.”

“Será que me arrependo de ter beijado sete tipos naquela noite? Absolutamente não.”

“Foi uma noite ótima e agora temos de viver as nossas vidas.”

“Mas sim, eu estou a farto do Covid, tipo… ele podia ir já embora, na realidade é uma chatice.”

Agora que a poeira assentou, Jack decidiu que poderia ter de impor uma proibição de beijo da próxima vez.

Ele disse: “Tive uma febre alta e tosse, mas só durou dois dias.”

“Foi a melhor noite de sempre.”

“Mas a minha família tem de isolar agora e isso perturbou os meus compromissos de trabalho, por isso penso que da próxima vez que sair estarei numa proibição de beijar.”